2.870.057 acessos
associe_se
crirs

Notícias

Colégio Registral do RS e IRIRGS participam de reunião na CGJ-RS para apresentação do Sistema E-Proc

Membros do Colégio Registral do Rio Grande do Sul e do Instituto de Registro Imobiliário do Rio Grande do Sul (IRIRGS) participaram, durante a tarde da última quarta-feira (13.03), de uma reunião na Corregedoria-Geral da Justiça do Rio Grande do Sul (CGJ-RS), para apresentação do Sistema E-Proc.

O E-Proc, que é público e possibilita a consulta de autenticidade de documentos sem a necessidade de login, é utilizado pela Justiça Federal e vai substitutir o sistema Themis, anteriormente utilizado pelo TJ/RS. A  A ferramenta possibilitará o acesso as determinações judiciais eletrônicas para os cartórios.

Na ocasião, a representante do Departamento de Informática do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (TJ/RS) e responsável pela implantação do projeto E-Proc, Silvia Saggiorato, e a auxiliar de Correição Mariana Dreux Mariath apresentaram o funcionamento do programa, como o acesso de notários e registradores a processos, downloads, etc.

O juiz corregedor Andre Aguiar Tesheiner explicou que, com a ferramenta, toda a tramitação processual poderá ser realizada eletronicamente, via internet, em um local único. “O sistema trará mudanças na forma de conduzir processos. Estamos trabalhando muito na própria reestruturação e capacitação de servidores”, comentou.

Segundo o juiz corregedor, Maurício Ramires, em princípio, o sistema não deverá ser implantado obrigatoriamente, mas urge a produção de uma Normativa para regulamentar o prazo de aplicação.



Participaram da reunião, os juízes corregedores, Maurício Ramires e Andre Aguiar Tesheiner, o presidente do Colégio Registral do Rio Grande do Sul, João Pedro Lamana Paiva, o presidente do IRIRGS e vice-presidente do Colégio Registral do RS, Cláudio Nunes Grecco, o diretor de Informática e Ensino do Colégio Registral do RS e coordenador da Central dos Registradores de Imóveis do Rio Grande do Sul (CRI-RS), Paulo Ricardo de Ávila, o responsável técnico pela CRI-RS, Fabricio Muller, da Sky Informática, os coordenadores de Correição Sander Cassepp Fonseca e Willian Couto Machado, a auxiliar de Correição Mariana Dreux Mariath, e a representante do Departamento de Informática do TJ/RS, Silvia Saggiorato.


Fonte: Assessoria de Imprensa

15/03/2019