Notícias

XI ENCONTRO NOTARIAL E REGISTRAL DO RS RECEBEU MAIS DE 250 PARTICIPANTES E TEVE PRESENÇAS ILUSTRES COMO PAINELISTAS E DEBATEDORES


Aconteceu nesta sexta-feira (28) e sábado (29), no Centro de Convenções do Hotel Deville, o XI Encontro Notarial e Registral do Rio Grande do Sul, realizado pelo Colégio Notarial do Brasil – seção RS, Colégio Registral do RS e Instituto de Estudos de Protesto (IEPRO-RS), onde mais de 250 participantes representaram a classe. A abertura ocorreu na sexta-feira às 14h, com o tradicional pinga-fogo. Logo após, o painelista Dr. Paulo Roberto Gaiger Ferreira, 26º Tabelião de Notas de São Paulo, discorreu sobre o tema Documentos Eletrônicos; para onde vamos?



Na tarde da sexta-feira, o jornalista Luciano Potter abordou o tema Você está de mudança, no qual trouxe as inúmeras novidades da era tecnológica que estão mudando a vida no planeta. Lembrou que é preciso se adequar às transformações da era digital para não ficar parado no tempo.



Em seguida, o Dr. Paulo de Tarso Vieira Sanseverino, Ministro do Superior Tribunal de Justiça, falou sobre A Boa-Fé Objetiva e os Serviços Notariais e Registrais.



À noite aconteceu a cerimônia de abertura solene do evento, contando com a presença dos Presidentes das Entidades organizadoras, bem como do Dr. Paulo Roberto Kopschina, Presidente da Jucergs - Junta Comercial, Industrial e de Serviços do Rio Grande Do Sul, do Vice-Prefeito de Porto Alegre, Gustavo Paim, do Desembargador Paulo Roberto Lessa Franz, Vice-Presidente do TJRS, do Dr. Paulo Emílio Barbosa, Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Jurídicos, do Dr. Amadeo Henrique Ramella Buttelli, Juiz Diretor do Foro Central de Porto Alegre, Dr. Gustavo Manfro, Coordenador da Procuradoria do Domínio Público Estadual e Paulo Roberto Gaiger Ferreira – Presidente do Colégio Notarial do Brasil – Conselho Federal.





O Encontro prosseguiu no sábado, com o Painel do Dr. Marcelo da Costa Alvarenga, Oficial de Registro de Títulos e Documentos e de Pessoas Jurídicas de Santos (SP), que abordou o tema SINTER e o futuro do RTDP.



Em seguida, o Ministro do Trabalho e Emprego, Ronaldo Nogueira de Oliveira, fez uma exposição sobre a reforma trabalhista, destacando que esta lei consolida direitos, dá mais segurança jurídica e gera mais empregos.



O ministro salientou a parceria que pretende fazer com notários e registradores para que o trabalhador tenha seu acesso facilitado à carteira de trabalho. Ressaltou ainda que o Brasil precisa de pessoas com coragem para não pensar somente na próxima eleição, mas para pensar na próxima geração. E finalizou seu pronunciamento afirmando que o Brasil será o país que todos nós sonhamos. O deputado federal gaúcho Onyx Lorenzoni foi o próximo a ocupar o espaço, falando sobre Lavagem de Dinheiro. Onyx disse que o setor público é ineficiente, que coloca o cidadão em segundo plano e que o governo enfrenta uma perda de credibilidade. Entretanto, afirmou que confia no Ministério Público, na Polícia Federal e tem a esperança de um país melhor.



Como o deputado tinha um compromisso urgente, deixou o Assessor Jurídico da bancada dos Democratas, Dr. Adão Paiani, para dar sequência ao tema do painel.



A descontração ficou por conta do Guri de Uruguaiana e Licurgo, que no início da tarde sábado fez um show que levou a platéia a “chorar de tanto rir”, em atuação humorística juntamente com seu amigo Licurgo. Durante mais de uma hora, suas piadas e suas interpretações de músicas gaúchas fizeram o público aplaudi-lo de pé ao final do espetáculo.



O último painel ficou a cargo do Dr. Biratã Higino Almeida Giacomoni, consultor da FEBRANOR, que discorreu sobre O papel dos sindicatos, das federações e da confederação no sistema econômico brasileiro.



O evento foi encerrado com outro pinga-fogo, que serviu para tirar as últimas dúvidas dos participantes sobre questões polêmicas das atividades notarial e registral.


02/05/2017